Parcelamento do IPTU começa a partir de março/2017

A primeira parcela do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2017 começará a ser cobrada dos contribuintes a partir do dia 10 de março.  O boleto com o parcelamento em até 10 vezes já está disponível no endereço eletrônico do município www.campomourao.pr.gov.br

Segundo o secretário de Fazenda e Administração, Beto Pequito, o contribuinte que optar pelo pagamento em menor número de parcelas, deve fazer a solicitação pelo email pamela.zilotti@campomourao.pr.gov.br ou procurar pessoalmente a praça de atendimento da prefeitura.

No portal também está disponível para impressão a opção para o pagamento à vista. Neste ano os contribuintes não receberão mais o carnê e sim um boleto para pagamento em cota única, que será entregue pelos Correios até dia 25 de janeiro.

Fonte: http://www.campomourao.pr.gov.br

A imagem pode conter: 7 pessoas, escritório, tela e área interna

Anúncios

Prefeito Tauillo anuncia 20 medidas de gestão

O prefeito de Campo Mourão, Tauillo Tezelli, anunciou nesta terça-feira (03), 20 medidas prioritárias que serão adotadas neste início de gestão. O objetivo é equilibrar as contas do município, tendo em vista a situação financeira herdada da administração anterior.

“Sabíamos das dificuldades, mas encontramos uma situação ainda pior do que imaginávamos, por isso a necessidade dessas medidas. Temos uma equipe técnica, motivada e comprometida com nosso projeto de governo”, salienta o prefeito.

Entre as medidas estão a criação de uma comissão para avaliação e controle dos gastos, o que inclui a suspensão dos pagamentos por até 90 dias, e auditoria nas contas referente aos últimos 12 anos.

As medidas a serem implantadas são as seguintes:

1 – Criação de Comissão de Avaliação e Controle que fará o acompanhamento dos gastos  revisará contratos e solicitações de pagamento. Esse trabalho terá duração de 90 dias e nesse período estão suspensos os pagamentos de produtos e serviços.

2 – Suspensão de novos serviços, exceto em caso de excepcional interesse público;

3.  Reavaliação dos programas existentes em todas as áreas;

4. Suspensão temporária da autorização de viagens, exceto em caso de excepcional interesse público;

5. Auditoria nas contas referentes aos últimos 12 anos;

6. Criação de Comitê visando a implantação da Política de Parcerias Público-privadas (PPP´S);

7. Retorno dos funcionários cedidos a outros órgãos;

8. Regularização fundiária (auditoria e levantamento das condições dos imóveis do Município);

9. Conferência do patrimônio – bens móveis (exatidão, manutenção e condições de uso dos próprios públicos);

10.  Revisão do ITBI (Imposto sobre Tributação de Bens Imóveis), taxas e planta de valores;

11.  Avaliação da frota de veículos do município (venda por meio de leilão dos veículos com mais de 4 anos de uso);

12. Criação de central de veículos e de compras/recebimento de produtos;

13.  Suspensão de convênios para empréstimos consignados;

14.  Avaliação dos servidores em estágio probatório e revisão dos concursos públicos realizados;

15. Suspensão temporária das Leis do Pro-Campo para fins de revisão e aperfeiçoamento;

16. Estudos para análise da viabilidade de implantação de PROGRAMA DE DEMISSÃO VOLUNTÁRIA (PDV).

17. Suspender realização de eventos que exijam exclusivamente recursos próprios;

18. Suspensão temporária das Leis do Fepac e Incentivo ao Esporte e Cultura para fins de revisão e aperfeiçoamento;

19. Análise dos atos de aquisição/permuta de propriedades imóveis pelo Município;

20. Implantação de reforma administrativa visando reestruturar os serviços prestados e reduzir custos.

Fonte:  http://www.campomourao.pr.gov.brA imagem pode conter: árvore, planta, casa, céu e atividades ao ar livre