Amanhã tem protesto em Peabiru

1045162_479173205500266_1582140668_n

Anúncios

Battilani defende reforma administrativa na Prefeitura de Campo Mourão

edson battilani

reduzir secretarias e o número de cargos comissionados é a meta!

“Apesar das promessas feitas no início do mandato pela prefeita Regina Dubay, de que manteria uma estrutura administrativa enxuta, já estão preenchidos 130 cargos em comissão na administração municipal de Campo Mourão. Outros 204 servidores de carreira ocupam funções gratificadas, o que representa cerca de 10 por cento do quadro de pessoal do Poder Executivo.
A situação foi levantada e revelada pelo vereador Edson Battilani (MD), que defende a realização de uma reforma administrativa urgente para reduzir o número de secretarias e o número de cargos em comissão, com a finalidade de diminuir os elevados gastos com o custeio da estrutura organizacional. Nesta semana, o vereador fez pronunciamento durante a sessão da Câmara Municipal sobre o que classifica como estrutura administrativa desproporcional com a realidade de Campo Mourão. Também acentuou que enquanto parcela significativa das receitas do Município é canalizada para manter o que considera um exagerado número de secretarias e órgãos com o mesmo status, além de um excessivo número de cargos em comissão preenchidos, o Município padece com a falta de recursos até para a simples realização de serviços de manutenção da cidade, como a recuperação e conservação das estradas rurais e das vias urbanas asfaltadas.
Apenas com o pagamento de salários aos 16 secretários municipais e ocupantes de cargo com o mesmo status – sem levar em conta os encargos sociais – o gasto mensal da Prefeitura é de R$ 148.969,44. Por ano, o primeiro escalão formado pela prefeita Regina Dubay custa atualmente R$ 1.936.660,27 apenas em salário e 13º. Edson Battilani observa que estão ocupados ainda 21 cargos CC2 (diretores de secretaria, na maior parte), o que representa R$ 121.514,40 por mês em salários ou R$ 1.936.602,70 por ano (incluindo o 13º salário).
Nos últimos seis meses também foram designados 54 ocupantes para cargos de nível CC3 (52 deles com o salário acrescido de 100 por cento de gratificação), o que representa no total um gasto de R$ 2.919.471,10 por ano entre salários, gratificação e 13º. Estão preenchidos ainda 22 cargos de nível CC4, nove de nível CC5, cinco de nível CC6 e três de nível CC7. O levantamento do vereador não incluiu a Companhia de Desenvolvimento, Urbanização e Saneamento (Codusa). O secretario de Obras e Serviços Públicos da Prefeitura, José Marin, é o presidente da empresa de economia mista e optou pela remuneração da companhia.
O dispêndio exclusivamente com salário e 13º dos 130 ocupantes de cargo em comissão chega a R$ 7.656.617,00 por ano. “Nos quatro anos da atual administração, mantido o atual quadro, os gastos vão chegar a mais de R$ 30 milhões, não levando em conta os reajustes salariais anuais, o pagamento de 1/3 de férias e os desembolsos com encargos sociais”, chama a atenção Battilani.
O vereador estranha ainda que 204 servidores – praticamente 10 por cento da categoria municipal – receba função gratificada, o que representa um gasto adicional anual de R$ 889.120,44. Ele também salienta que existem vários casos de ocupantes de cargo em comissão sem formação profissional ou sequer experiência naquela área.
Valores
De acordo com o vereador Edson Battilani, o gasto mensal da Prefeitura de Campo Mourão e suas fundações com salários de ocupantes de cargos em comissão e função gratificada chegam a R$ 676.349,00. Por ano representam um gasto de R$ 8.792.537,00 (sem férias e encargos sociais). Ao longo dos quatro anos, as despesas ultrapassam a R$ 35 milhões.
“É necessário que se faça uma reforma administrativa urgente para que esses custos sejam significativamente reduzidos, com a concentração de secretarias, eliminação de outras e um corte expressivo no número de cargos em comissão e funções gratificadas”, alerta o vereador. No seu entendimento, esse é o primeiro passo para que a Prefeitura tenha os recursos necessários para realizar “os investimentos urgentes que precisam ser feitos na recuperação da pavimentação, em sinalização e melhoria do trânsito, na recuperação dos prédios escolares, na contratação de profissionais para a área da saúde, no suprimento das unidades de saúde com medicamentos e tantos outros problemas que a população de Campo Mourão enfrenta de longa data”.
Fonte: Câmara Municipal de Campo Mourão

Prefeitura de Campo Mourão tem um cabide de emprego no valor de R$700mil em cargos comissionados e nomeados

cabide_emprego_blumenews

É SEU DIREITO SABER.
“Atualmente o poder executivo do município de Campo Mourão (prefeitura), apesar de a prefeita dizer no início do mandato que reduziria as despesas com cargos, já conta com 132 (cento e trinta e dois ) Cargos em Comissão ( famosos CC) nomeados e mais de 200 (duzentos) servidores nomeados em função gratificada.
As despesas com todos estes cargos chegam próximo aos 700.000,00 reais (setecentos mil) por mês, sem considerar os encargos sociais.” (Edson Batillani)

Prefeita Regina Dubay não quer mais “tapa buracos” e exige levantamento da situação das ruas e avenidas da cidade

27/06/2013 – Prefeita Regina Dubay publicou em sua rede social que está determinando que a Secretaria de Obras que realize com urgência um amplo levantamento da situação das ruas e avenidas da cidade.

Buracos nas Ruas

“Estou determinando à Secretaria de Obras que realize com urgência um amplo levantamento da situação das ruas e avenidas da cidade muito castigadas após as fortes chuvas dos últimos dias, especialmente as áreas mais prejudicadas. Devido à gravidade da situação, não está descartada a possibilidade de decretar situação de emergência.
Com o levantamento, o Município direcionará ações, alocará recursos próprios, e buscará verbas junto ao Governo do Estado e Governo Federal, já que estes serviços têm um custo muito elevado, não sendo possível realizá-los somente com recursos do orçamento municipal.
As chuvas são constantes, e serão necessários vários dias de sol para iniciar com a operação tapa buracos. Sabemos os transtornos que os buracos causam no dia-a-dia, mas com o asfalto úmido, não é possível realizar a operação tapa buracos, pois o material utilizado não adere ao asfalto molhado. Realizar esta operação com o asfalto molhado é desperdiçar o recurso público, e isso nós não vamos fazer.

Área rural – Também solicitei nesta quinta-feira ao setor responsável pelas estradas rurais que sejam verificadas as regiões danificadas pelo o grande volume de chuvas dos últimos dias, para que possam ser tomadas providências e ser restabelecido o tráfego das áreas mais comprometidas. Sabemos que tem muitas áreas com problemas e vamos fazer o possível para atender, mas precisamos conhecer exatamente a situação para priorizar os recursos de acordo com as emergências.” (Prefeita Regina Dubay pela sua rede social)

1017179_166518193529583_828639665_n

Representantes do movimento popular que reuniu mais de 3 mil pessoas se reuniu no gabinete da prefeitura

Os movimentos “Vem pra rua Campo Mourão” e “Abre Alas” se reuniram hoje no gabinete da prefeitura com o Coordenador geral do município Sr. Carlos Augusto Garcia e a procuradora geral do município Dr. Carla Zagotto, onde foi apresentando algumas reivindicações referente ao transporte publico em relação ao passe livre escolar, e também foi levantado a situação da saúde nacional, mas com a pauta central de estatização da Santa Casa de Campo Mourão.

934929_4311666249159_658413075_n

Segue Ata

ata Folha 1 ata Folha 2 ata Folha 3

Gravação da reunião na integra

Petição pede mudança da grade da Faculdade Integrado de Campo Mourão

Petição online pede Mudança da grade da Faculdade Integrado de Campo Mourão a partir de 2011 para a grade anterior, a de 2010

“As provas colegiadas que incluem matéria de todo o semestre prejudicam os alunos, pois algumas ocorridas até aqui, coincidiram com outras provas do mesmo nível no mesmo dia, tendo muito conteúdo acumulado, sendo que já foi feito avaliação sobre o mesmo. Os trabalhos do projeto integrador aumentam o compromisso do aluno, tendo que deixar aula disponível para aqueles que trabalham durante o dia elaborar os trabalhos, e diminuindo carga horária que deveria estar sendo usada para matérias de grande importância no curso. A forma que as notas são distribuídas dificulta o aluno tirar nota e ter um aprendizado ideal. A grade de 2010 é dividida em apenas uma prova (alguns professores dividem o conteúdo em duas provas) por bimestre, tendo o valor de 70 pontos, e o restante da nota é dado em trabalhos feito pelo professor o que facilita para o aluno. Esperamos que com esta petição seja feita alguma mudança em relação a isto.”

clique na imagem para assinar a petição:

 

petição online faculdade integrado

Manifestantes do II Ato passe livre vão parar o terminal nesta sexta-feira

Manifestantes estão se organizando para parar o terminal de Campo Mourão na sexta-feira 28/06, eles querem o passe livre prometido.

saiba mais> https://www.facebook.com/events/600185086682744

11448_536151546448617_984015845_n

 

Prefeita Regina Dubay faz solicitações ao governo Federal

Prefeita Regina Dubay está nesse momento em Brasilia, aproveitando fez algumas solicitações ao governo federal:

– Implantação de um restaurante comunitário na cidade;
– consolidação do aeroporto Regional;
– Duplicação da BR 158;

leia a integra postada em sua rede social:

“Hoje estou em Brasília, cumprindo extensa agenda. Um dos compromissos foi na presidência da Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados, com o deputado Federal Fernando Giacobo (PR). Na ocasião o deputado estava recebendo o Ministro Gilberto Carvalho, da Secretaria Geral da Presidência da República quando aproveitamos para tratar de assuntos de interesse do nosso município. Além de entregar convites da Festa Nacional do Carneiro no Buraco para as duas lideranças paranaenses no Governo Federal, fiz solicitações para a implantação de um restaurante comunitário na cidade, a consolidação do aeroporto Regional e a duplicação da BR 158, com o ministro se comprometendo a dar encaminhamento aos pedidos junto aos ministérios para que se tornem realidade.” (Prefeita Regina Dubay)

1017458_386456624809172_321680398_n

Após Manifesto de milhares de pessoas a prefeitura vai se reunir com organizadores do movimento

Após Manifesto de milhares de pessoas no dia 22/06 a prefeitura vai se reunir com organizadores para debater as principais exigências
– Santa Casa
– Transporte público

A reunião com os organizadores acontecerá na quinta-feira 27/06 – mais informações em breve

1002089_174265149416186_559238851_n